Monthly Archives: February 2013

24 Fev a 02 Março 2013

Ora vamos lá ver o que se vai comer a próxima semana cá por casa!

Almoço Jantar
Domingo Raclete
Segunda Cordon Blue + Salada Rojões
Terça Salada Mozzarela Frango com massa
Quarta Rojões ( Redon ) Tarte Atum
Quinta Salada Frango Esparguete Bolonhesa
Sexta Pizza Atum Bacalhau + legumes cozidos
Sábado Redon Filet mignon com molho de mostarda

Dicas para poupar na hora de fazer compras

Quem tem que gerir um orçamento sabe quanto àrdua é essa tarefa.

Qual é a dona de casa que nunca se deparou com uma conta acima do que estava a pensar gastar? Poir é…. comigo é quase todos os dias….

No meu novo “habitat”, ou seja em terras suiças, a “merciaria” fica pela hora da morte e então fora o facto de tentar comprar o máximo no país vizinho, ainda adoptei algumas regras que tento cumprir.

Nem sempre é fácil mas se não se tentar é que o orçamento não chega mesmo.

Então são elas:

1- Faça sempre uma lista do que vai comprar.
Na lista de compras, note apenas produtos que realmente precise e tente sempre segui-la.
Na lista, coloque os produtos por “grupos ou sectores de mercadorias”, assim evitará passear no supermercado perdendo tempo e caindo em tentações desnecessárias.

2- Vá ao supermercado fora das horas das refeições.
Uma pessoa com fome tem tendência a comprar aquilo que não precisa.

3- Não leve crianças.
Geralmente os supermercados têm os produtos do “interesse das crianças” estrategicamente distribuídos mais abaixo nas prateleiras de modo a desperta-lhes a atenção.

4- Olhe as prateleiras de cima a baixo.
Geralmente os supermercados usam uma técnica que é colocar os produtos mais caros na linha dos olhos. Nas prateleiras mais acima ou mais abaixo são colocados os mais baratos.

5- Não faça compras no dia de pagamento.
As pessoas têm a tentação para extravagâncias quando vão às compras no “dia do pagamento” ou nos dias imediatos ao “recebimento de dinheiro”.

6- Não faça compras com cartão de crédito.
Aconselho a não fazer compras no supermercado usando como meio de pagamento o cartão de crédito.
Se tiver de o fazer, faça-o mas tente pagar a factura do cartão de crédito na integra pois os juros associados a tais cartões de créditos são muito elevados.

7- Compre frutas, legumes e verduras da época.
Eles são mais baratos e mais nutritivos.
Fora de época, como a produção é menor os preços geralmente são bem mais altos.

8- Não faça compras em dias de muito fluxo de pessoas.
Nestes dias, os supermercados utilizam técnicas de vendas para influenciar ao consumo.
Costumam fazer promoções relâmpagos, demonstrações de eficiência de produto (tal o fará comprar produtos extras que não precisa e fará com que não cumpra a “Lista de Compras” ).

9- Compre embalagens mais económicas (“embalagens familiares”).
Em vez de embalagens de 4 unidades (ex: papel higiénico), compre de 8, 12, ou 16 unidades, a diferença vale a pena.
Procure por promoções de divulgação ou saldos ou reduções (Ex 1: Compre 1 e leve 2, Ex 2: Saldos/Reduções de 30 – 50% – 70%).

10- Ao comprar produtos verifique o “custo versus benefício”.
Por vezes, um produto 5% mais caro pode render 25 a 30% mais.

 

Beijinhos,

Mamicas

Armas secretas da Dona de Casa – Parte I

Neste  site encontrei algumas armas que nos podem ajudar com alguns imprevistos do dia-a-dia!

Quem nunca deixou queimar arroz? Uma panela… E Por aí adiante….

Tirar tinta de marcador de tecidos – Uma maneira de tirar tinta de marcador de tecidos é esfregar com um algodão e álcool.

Nódoas de baton – Deve limpar o mais depressa possível! Raspe o local com uma faca. Depois humedeça um pano limpo com solvente para limpeza a seco e esfregue a nódoa, actuando da borda para o centro para que a área manchada não alastre. Verá que resulta!

Utilize sempre vinagre – O vinagre é o melhor anti-bacteriano que existe! Além de tudo é barato! Limpe o frigorífico com vinagre, o lava loiça, o tanque, enfim tudo o que não tiver mármore! Lembre-se que o ácido corrói as pedras.

Panelas com arroz queimado – Quando queimar o arroz, não raspe o fundo da panela. Coloque a panela numa vasilha com água fria, cubra a boca com um pano húmido e tape a panela. Passado algum tempo, retire o arroz, mas com cuidado para não raspar o fundo da panela.

Para limpar panelas queimadas – Para tirar o queimado do fundo da panela, leve a ferver um pouco de água misturada com bicarbonato de sódio.

Tabuleiros de forno sujos – Limpe rapidamente com um pano ou um pedaço de papel e, se a sujidade já estiver seca, aqueça ligeiramente o tabuleiro para a carbonizar. Nunca utilize produtos abrasivos, para não riscar o revestimento do tabuleiro. Para pôr o tabuleiro a brilhar novamente, passe um pedaço de papel com uma gotinha de óleo.

Manchas de gordura em tecidos – Para retirar manchas de gordura de tecidos, coloque pó de talco, espere um tempo e escove. Ou coloque a mancha entre papel grosso e passe com o ferro quente.

Manchas de gordura – A melhor solução para tirar manchas de gordura é limpar a parte manchada com detergente de lavar a loiça.

Manteiga (ou outra gordura) no sofá – Elimine os resíduos de gordura com pó de talco e, se não resultar, tente de novo com um pano humedecido em água com amoníaco.

Panelas com cheiro – Para tirar o cheiro forte que ficou na panela onde se cozinhou peixe, leve a ferver na panela água com folhas de chá já usadas.

Cheiros fortes no frigorífico – Para tirar cheiros fortes do frigorífico, utilize cascas de ovos, pois por serem porosas, as cascas dos ovos absorvem com facilidade os cheiros.

Mau cheiro no frigorífico – Coloque dentro do frigorífico uma chávena cheia de leite, verá como o cheiro desaparece.

Congelador limpo – É imprescindível descongelá-lo pelo menos uma vez por ano. Quando liberto do gelo, limpe-o muito bem, sem esquecer os recantos, com um trapo limpo ligeiramente embebido em água com bicarbonato e seque-o com um outro pano.

Limpar o frigorífico e vasilhames de plástico – Para tirar o cheiro forte do frigorífico ou de vasilhames de plástico, lave-os com bicarbonato de sódio diluído num pouco de água. No caso dos vasilhames, deixe-os mergulhados nessa solução durante algum tempo.

Eliminar gordura ou sabor a ranço no filtro das cafeteiras – Deite-lhes sal e verta por cima água a ferver.

Plástico derretido na torradeira ou noutro electrodoméstico – Use gasolina para isqueiro ou acetona.

Hálito a alho ou cebola – O hálito a alho ou cebola é facilmente anulado se se mastigar um grão de café, uma folhinha de hortelã fresca ou um pedaço de casca de limão ou laranja.

Cheiro a alho nas mãos I – Após descascar os alhos, passe sal grosso pelas mãos (ainda sem molhar), de seguida lave as mãos normalmente.

Cheiro a alho nas mãos II – Para tirar o cheiro do alho das mãos depois de o pelar só tem que pôr os dedos debaixo de uma torneira com um fio de água mexendo numa faca inox.

Cheiro a alho nas mãos III – Esfregue as mãos com pó de café (fresco, usado ou mesmo café solúvel) e lave-as em seguida normalmente.

Cheiro a alho nas mãos IV – Lave as mãos com limão, e seguidamente lave-as normalmente, vai ver que o cheiro desaparece.

Cheiro a alho nas mãos V – Para tirar o cheiro do alho das mãos, basta deixá-las aproximadamente 1 minuto debaixo da água corrente, sem esfregá-las. Depois, seque delicadamente com um pano seco.

Cheiro a alho nas mãos VI – Para tirar o cheiro a alho das mãos, experimente lavá-las esfregando folhas de salsinha.

Cheiro a alho nas mãos VII – Sem esfregar as mãos, passe-as em água corrente fria (debaixo da torneira) até tirar o cheiro. Lavar em seguida normalmente.

Cheiro a alho nas mãos VIII – Basta virar a lâmina da faca para cima, colocá-la debaixo da torneira com água a correr, colocar os dedos da mão livre por baixo da lâmina da faca e deixar a água passar pela faca e pelos dedos. Mude de mão e repita a operação. Milagre.

Cheiro a alho nas mãos IX – Guarde sempre no frigorífico um pouco de pó de café usado. Ele é excelente.

Cheiro a alho nas mãos X – Muito melhor do que todas as trabalhosas dicas para tirar o cheiro de alho das mãos, é não absorver este cheiro tão incómodo, Para tanto, basta adquirir uma máquina de descascar alho. Pronto.

Indigestão com o alho – Para que não esteja sempre a lembrar-se do alho depois de o comer, antes de o usar retire-lhe o coração (aquela parte verde que fica dentro do dente). Ele é que é indigesto!

Mãos a cheirar a bacalhau – Poderá eliminar o cheiro de bacalhau nas mãos esfregando-as com umas gotas de vinagre ou de limão. Depois passe as mãos por água morna, antes de as lavar.

Cheiro a Sardinhas assada nas mãos – Esfregue as mãos com vinho tinto e em seguida lave-as com água morna e sabão.

Talheres de prata sujos de ovo – Para tirar os vestígios de ovo dos talheres de prata, esfregue-os com batata cozida ou com metade de um limão.

Tirar verdete de peças de cobre – Para tirar verdete de peças de cobre, esfregue as manchas com uma solução feita com vinagre a ferver e sal grosso.

Acabar com cheiros a fritos – Acrescente um ramo de salsa logo que o óleo comece a aquecer.

Mau cheiro em casa I – Asse cascas de laranja ou de limão. Em pouco tempo terá um ambiente perfumado.

Mau cheiro em casa II – Suspenda uma esponja molhada numa divisão da casa, pois esta encarrega-se de absorver os cheiros indesejados.

Manchas no mármore da cozinha – Se tem alguma mancha de gordura ou simplesmente de algum ácido, na sua banca de mármore na cozinha, passe com um pano húmido por essas manchas e seque muito bem de seguida. Estenda uma camada de óleo de cedro sobre as manchas e outra camada de azeite (esteja descansado, que não mancha!). Deixe estar em repouso, sem mexer, durante 24 horas. Retire com água, e reparará que as manchas desapareceram.

 

Beijinhos,

Mamicas

Alguns truques úteis na cozinha – Parte II

Ainda no mesmo site encontrei :

Tirar o “ranço” à manteiga – Cubra a manteiga, durante 15 minutos, com água fria com uma colher de chá de bicarbonato de sódio, depois lave-a em duas águas.

Saiba se o peixe está realmente fresco – O peixe fresco apresenta as guelras vermelhas, a carne rija e os olhos brilhantes.

Conservar pão – Compre sempre o pão melhor cozido e guarde-o num local seco dentro de um saco de tecido leve e arejado. Poderá conservar ainda mais tempo se puser também dentro do saco um talo de aipo ou uma batata crua com casca (depois de muito bem lavada e seca).

Quando o forno está aquecido demais – Ponha uma caçarola com água fria dentro do forno.

Sumo de limão I – Se mergulhar o limão em água quente durante 15 minutos, antes de o espremer, conseguirá o dobro do sumo.

Sumo de limão II – Para que seja mais fácil extrair o sumo de um limão, pode batê-lo na banca da cozinha sem o rebentar ou aquecê-lo no microondas por 1 minuto, minuto e meio. Verá como o limão rende muito mais sumo!

Conservar limão – Para conservar o limão por mais tempo guarde-o num frasco de vidro bem fechado.

Conservar o abacate descascado – O abacate não ficará preto se for pincelado com sumo de limão.

Retirar fragmentos de gema, que caíram acidentalmente nas claras – Para retirar fragmentos de gema que acidentalmente caíram na clara, use a própria casca do ovo, aproximando-a dos fragmentos. Os mesmos serão atraídos para dentro dela, deixando assim as claras limpas.

Separar facilmente a clara da gema – Para separar a gema do ovo sem rebentar, quebre a casca e deposite o conteúdo sobre os dedos entreabertos da sua mão – a gema fica e a clara cai.

Ovos estragados ou não? – Para saber se um ovo está ou não estragado coloque-o num copo com água e sal, se boiar deite-o fora porque está estragado, e se permanecer no fundo está bom para consumo.

Tire os ovos de frigorífico um bocadinho antes de os utilizar – Quando utilizar ovos nas suas receitas tire-os do frigorífico um bocadinho antes. Se fizer, por exemplo, claras em castelo com o ovo gelado verá que não ficarão tão firmes.

Aproveitar maionese talhada – Quando a maionese talhar, inicie o processo outra vez: retire a maionese talhada do copo, coloque um ovo, um pouco mais de sal e vinagre e vá acrescentando a maionese talhada aos poucos. Ela voltará à consistência desejada e você não perderá nada.

Maionese talhada II – Se a maionese talhar, comece tudo de novo, colocando uma colher de água a ferver numa tigela e acrescente a maionese às colheradas, batendo bem desde a primeira colher.

Como evitar que os espetos das espetadas se queimem – Para que os espetos de madeira/bambu não queimem ao preparar churrasco, deixe-os de molho em água até que fiquem bem húmidos.

Como saber se o abacaxi está maduro – Para saber se o abacaxi está maduro basta tirar uma das “pétalas” bem do centro de sua coroa. Se sair com facilidade, está no ponto para descascar e saborear!

Tornar os legumes cozidos mais verdes – Para tornar mais verdes alguns legumes, junte uma colher de chá de açúcar à água do cozimento. Faz o mesmo efeito que bicarbonato de sódio e não altera a qualidade dos alimentos.

Manter o verde natural do espinafre – Para preservar o verde natural do espinafre, logo após o cozimento, mergulhe-o em água fria. Isso o deixará bem verdinho!

Para acentuar a cor da beterraba – Adicione 2 ou 3 colheres de sopa de vinagre à água de cozimento.

Cozinhar em banho-maria e economizar energia – Quando está a cozinhar em banho-maria, aproveite a água que está a ferver para cozer legumes.

Conservar alface I – Para conservar a alface bem fresquinha, guarde-a no frigorífico dentro de um saco plástico bem fechado. Assim ela dura até 5 dias.

Conservar alface II – Lave a alface apenas quando a for preparar, e guarde-a no frigorífico SEM a lavar. Senão ela estraga-se.

Alface – As folhas de alface quando cortadas com faca perdem muito de seu já pobre valor nutritivo. Deixe as folhas inteiras ou rasgue-as com as mãos.

Conservação da alface ou salsa no frigorífico – Enrole a verdura (não lavada) em papel toalha e coloque-o num saco plástico fechado. Dura mais de uma semana

Salsa fresca todo o ano – Corte muito finamente a salsa e meta-a numa taça de plástico no congelador. Verá que tem salsa durante o ano todo, sem melar.

Salsa fresca durante 2 a 3 semanas – Lave a salsa muito bem, escorra-a e coloque-a no frigorifico dentro de um frasco de vidro com tampa. Poderá conserva-la fresca durante 2 a 3 semanas.

Congelar bacalhau – O bacalhau não deve ser congelado , a não ser depois de dessalgado.
Para congelar, enxugue o bacalhau num pano limpo, apertando-o levemente para secar um pouco. Pode pincelar com um bom azeite toda a superfície, para impedir o ressecamento provocado pelo gelo. Guarde no congelador num vasilhame a vácuo ou bem fechado. Descongele normalmente.

Desenformar pudins – Passe a forma por água fria antes de lhe juntar o preparado. Quando for desenformar, faça-o quando o pudim já estiver totalmente frio (deixe a base um pouco de molho em água quente – nunca mais que 1 minuto).

Bolo Cozido – Para verificar se um bolo está cozido, espete um palito no bolo. Se não vier massa agarrada é porque já está cozido.

Alguns truques úteis na cozinha – Parte I

Durante as minhas pesquisas na Net encontrei neste site umas dicas que nos podem ser bastante úteis no dia-a-dia!

Ora então vejamos :

Pelar tomate em 5 segundos – Mergulhe o tomate em água a ferver durante 5 segundos, verá que consegue facilmente descascá-los.

Tomate – Se se notar muito o sabor a tomate numa refeição, ponha um pouco de açúcar e o sabor excessivo do tomate desaparecerá.

Arroz branco mais solto – Para que o arroz branco fique realmente branco e solto, quando a água da cozedura estiver a ferver, verta o arroz, mexa bem, e regue com uma gotas de sumo de limão. Deixe cozinhar durante 10 a 12 minutos. Apague o lume e deixe repousar um pouco.

Arroz Solto – Para conseguir aquele “toque especial” no arroz e fazer com que ele não pareça papa, acrescente à água da cozedura, algumas gotas de sumo de limão quando colocar o arroz. Para todos os tipos e qualidades. Vai ver que vale a pena!

Arroz soltinho – Lave bem o arroz e deixe-o escorrer bem antes de levá-lo ao lume. Quanto mais sequinho estiver, melhor. Deite também algumas gotas de sumo de limão na água da cozedura. Assim o arroz ficará bem branquinho.

Como saber se o arroz está pronto – Tire a panela do lume, molhe o dedo e encoste no lado de fora da panela, como se faz com o ferro de passar roupa. Se estalar, significa que a água secou e que o arroz está pronto. Se não estalar, deixe mais um pouco em fogo brando.

Carne cozinhada – Para verificar se a carne está cozinhada como pretende, basta carregar com uma colher. Se a carne não der de si, está cozinhada. Se tiver ainda muita elasticidade, o interior ainda não está cozinhado.

Alourar – Quando quiser alourar um empadão, massa folhada, ou qualquer outra coisa no forno, em vez de pincelar com ovo batido, pincele com leite. Não só é mais económico como faz o mesmo efeito que o ovo e sem queimar.

Puré de Batata – Se juntar 1 ou 2 claras de ovo, batidas em castelo ao puré de batata, ele vai ficar mais leve e fofo.

Sopas com base de puré de batata – Estas sopas ficam melhor se se lhes juntar uma colher de sopa de leite ou de manteiga.

Frutas cristalizadas e secas e passas – Para que não caiam para o fundo da forma quando se faz Bolo Rei ou Bolo Inglês, deixe-as de um dia para o outro em infusão em Vinho do Porto ou Rum.

Limpar peixe – Ao limpar o peixe, retire as vísceras e lave a parte interna da barriga mergulhando-o rapidamente numa bacia com água e sal. No verão, aconselha-se lavar com água gelada.

Grelhar peixe sem que ele pegue à grelha – Se a grelha estiver bem quente o peixe não se pega. Para que o peixe que está a grelhar fique mais saboroso, borrife-o de vez em quando com um raminho de salsa molhado em azeite e vinagre batidos juntos.

Como saber se o peixe está cozido – Quando o peixe começar a boiar é sinal que está cozido.

Para tirar mais facilmente a pele ao bacalhau – Para que a pele do bacalhau se solte mais facilmente, junte à primeira água de demolhar o bacalhau, 1 colher de café de fermento em pó. A pele incha e sai com muita facilidade.

Quando o tempo é curto e o bacalhau está salgado – Se o bacalhau está muito salgado e o tempo é curto, cubra-o com leite a ferver e espere alguns minutos.

Truques para cozer bacalhau – A água deve apenas cobrir a posta e manter uma fervura muito ligeira, durante 10 minutos. Se a água ferver muito, as fibras de bacalhau podem ficar secas, rijas e escuras. Depois, deve retirar o bacalhau do lume e deixá-lo repousar cerca de 20 minutos. Por fim, o bacalhau deve ser escorrido.
Se desejar pode cozer o bacalhau levando ao lume água fria misturada com leite. A cozedura em leite torna as fibras da carne mais macias.

Para bater claras em castelo mais depressa – Antes de bater as claras junte-lhes uma pitada de sal.

Molhos com “caroços” – Se estiver a fazer um molho com farinha e este ficar com grumes, deixe-o arrefecer (não precisa totalmente), mexa com uma colher e depois bata com a varinha mágica. Vai ver que ninguém vai notar, e assim não terá de o deitar fora!

Creme talhado – Se um creme talhar, arrefeça-o e bata no liquidificador, para voltar a ligar.

Como grelhar no forno sem fumo e sujidade – Quando grelhar ponha um tabuleiro com água no fundo do forno, e verá que vai notar diferença

Lulas e polvos macios I – As lulas e o polvo são os únicos frutos do mar que têm dois ponto de cocção, os quais vão depender do seu tamanho. Em geral, em óleo a 170º a 200º a lula deverá ficar macia e crocante nuns 7 minutos. Quando do cozimento em água, se, depois de macios, por algum motivo, eles (polvo e lula) ficarem duros, deixe a cozinhado por mais 45 minutos que eles voltarão a ficar macios.

Lulas e polvos macios II – Para que as lulas e os polvos fiquem macios depois de cozidos, deve deitar-se-lhes o sal apenas uns minutos antes de irem para a mesa, mas o melhor é congelar o polvo antes de o cozinhar, assim terá a certeza de que estará macio.

Polvo tenro e macio III – Limpe bem o polvo, bata-o com força na banca. Se o cozer apenas com um copo de vinho branco, lentamente, fica super tenro e macio.

Para o polvo ficar tenro IV – Experimente cozê-lo junto com uma rolha de cortiça.

Para o polvo não largar a pele durante a cozedura – Deve mergulhá-lo três vezes seguidas na água a ferver antes de o meter lá dentro.

Saiba quando o polvo está cozido – Para verificar se o polvo está cozido, junte uma cebola crua, quando a cebola estiver cozida o polvo está pronto a comer.

Lulas Recheadas – Para fazer lulas recheadas, não é necessário colocar palitos, basta que ao lavar as lulas as virem ao contrário (logo que entram no calor fecham).

Demolhação rápida de feijão – No caso de não ter deixado o feijão de molho na véspera poderá optar por uma demolhação rápida: ponha o feijão numa caçarola com água não temperada e cozinhe durante 5 minutos. Retire depois do lume e deixe repousar durante uma hora. Por fim escorra e passe por água fria.

Cozer feijões secos depressa (tenros e untuosos) – Molhe-os antes de cozer, deitando fora essa água. Depois deite sobre os feijões duas ou três colheres de sopa de azeite, deixando ficar uns 10 minutos. A seguir deite a água quente necessária para que eles cozam.

Guardar gemas – Para guardar sobras de gemas conserve-as numa chávena ou tigela, totalmente cobertas com água filtrada e no frigorífico.

Separar as gemas das claras – É mais fácil separar as gemas das claras quando os ovos estão gelados.

Ovos estrelados – Antes fritar ovos, acrescente um pouco de farinha ao óleo para evitar que ele espirre.

Para que a casca do ovo cozido saia com facilidade – Coloque-o debaixo de água fria logo a seguir de o tirar da água quente.

Ovos cozidos na perfeição – Se quiser que os ovos cozidos tenham a gema bem no meio da clara, retire-os do frigorifico uma hora antes de os cozer. Depois coloque-os num recipiente com água fria e deixe ferver durante 10 minutos. Retire os ovos da água e coloque-os em água fria durante 5 minutos, para que refresquem antes de serem descascados.

Ovos cozidos na perfeição II – Para que os ovos cozidos não se tornem secos ou com uma consistência de borracha, devem ser sempre cozidos em temperatura média ou baixa.

Para que o ovo não rebente durante a cozedura – Deite na água de cozer o ovo, duas gotas de vinagre.

Truque para panar – Quando fizer panados, para que o ovo lhe renda mais, junte um pouco de água e bata então os ovos, vai ver que lhe rende bastante.

Temperar bifes de peru – Quando temperar os bifes de peru utilize leite (e não vinho), além dos temperos habituais. Verá que eles ficam mais macios e gostosos.

Comida salgada – Quando a comida tiver sal a mais experimente adicionar um pouco de açúcar. Verá que o sabor a sal diminui.

Evite o sal a mais na comida – Coloque batatas junto da sopa ou do refogado que têm sal a mais (quanto mais sal, mais batatas são necessárias). Quando as batatas estiverem cozidas tire-as e sirva como acompanhamento.

Comida Salgada II – Se salgou demasiado a comida, não se preocupe… Junte-lhe um pedaço de batata crua que o “salgado” depressa desaparece!

Barrar bolos com chantilly – Quando for rechear ou barrar um bolo que leve natas, para que estas lhe rendam e façam um bom chantilly, bata as natas com um pouco de açúcar, à parte bata 2 claras em castelo, e depois envolva com o chantilly. Verá que lhe rende muito mais e fica super cremoso. Experimente.

Como bater natas rapidamente – Quando bater as natas para fazer chantilly, junte umas gotas de limão, para que elas fiquem mais firmes.

Amêijoas à Bulhão Pato – Nas amêijoas à Bulhão Pato deverá pôr uma gota de vinho branco no molho, enquanto as amêijoas estão no processo de abertura.

Pelar amêndoas – Coloque as amêndoas durante cerca de dois minutos em água a ferver, passando-as em seguida por água fria.

Cortar cebola sem lágrimas I – Deixe a cebola descascada de molho em água, algumas horas antes de a cortar.

Cortar cebola sem lágrimas II – Corte um limão com a faca com que vai cortas a cebola, o seu sumo ao escorrer pela lâmina é o suficiente para evitar as lágrimas.

Cortar cebola sem lágrimas III – Molhe as mãos, as cebolas e a faca antes de cortar ou picar a cebola. Adeus lágrimas!

Descascar alhos I – Para descascar melhor os dentes de alho, mergulhe-os num recipiente com água durante 20 minutos. Depois escorra a água e descasque os dentes, que estarão com as cascas totalmente soltas.

Descascar alhos II – Para descascar alhos rapidamente, coloque-os no microondas em potência alta durante 15 a 30 segundos. A casca solta-se completamente!

Descascar alhos III – Encoste o lado de uma faca ao dente de alho e dê uma pancadinha. Esta pancadinha vai fazer com que a casca descole e possa tirá-la com a mão.

Fritar bacon – Antes de fritar, fure as fatias de bacon com um garfo. Assim elas não encolhem muito.

Cozer galinha – Um garfo de prata dentro da panela ajuda a galinha a cozer mais depressa.

Fritar frango – Para evitar que o frango frito se pegue à frigideira junte uma colher de farinha maisena ao óleo de fritura.

Frango tenro – Para que o frango continue tenro, mesmo quando servido frio, envolva-o em papel de alumínio, depois de o cozinhar.

Banho-Maria – Cozedura indirecta, num recipiente dentro de outro, com água a ferver. Para que a temperatura fique mais elevada, deite na água um pouco de bicarbonato de sódio.

Assar aves sem secar demais – Para evitar que as aves assadas fiquem secas demais, pincele toda a superfície com manteiga ou margarina.

Cozer e assar aves – Se cozer aves, não lhes deve furar a pele; mas nos assados pode fazê-lo, se pretender que o frango fique menos gorduroso.

Carne Picada – A carne picada deverá ser guardada no frigorífico até ao momento de a usar, num prazo de tempo que não poderá exceder as 24 horas.

Soufflé que não “murcha” – Para que o soufflé não murche ao sair do forno, certifique-se que o forno está bem quente antes de colocar o preparado no forno. NÃO ABRA O FORNO ANTES DE ESTAR PRONTO, daí que seja essencial saber o tempo exacto de preparação do soufflé.

Cozer caracóis – Para que os caracóis não recolham durante a cozedura, junte o sal apenas depois de estes estarem mortos. Assim, os caracóis ficaram todos com os “corninhos” de fora.

Pão-de-Ló – Para o pão-de-ló não murchar, bata primeiro as claras com o açúcar, depois as gemas e por último, delicadamente (nunca na batedeira) a farinha de trigo.

Tarefas semanais

Aqui em casa todos temos que trabalhar, ou melhor eu gostava que assim fosse 🙂

Como experiência decidi fazer um esquema das tarefas diárias e imprimir para afixar num local visível.

A ideia é cada um se responsabilizar pela tarefa que tem que fazer com direito a “punições” caso a mesma não seja cumprida!

Então a lista das tarefas básicas cá de casa é a seguinte:

tarefas

Vamos então lá ver como vai funcionar apartir de segunda -feira!

Mamicas

17 a 23 de Fevereiro de 2013

As ementas cá de casa são pensadas semana a semana. Assim no momento de ir fazer as minhas compras sei sempre o que comprar evitanto trazer excessos e desperdiçar comida.

Também ajuda a planificar o dia-a-dia. Se surgir algum imprevisto todos já sabem o que vão fazer… uma vez que cá em casa já somos 3 a cozinhar 🙂

Almoço Jantar
Domingo Tiras de barriga grelhadas
Segunda Salada de Atum Costeletas na panela
Terça Redon Tortelini no Forno
Quarta Cordon Blue + Salada Tiras de frango com Molho de Iogurte
Quinta Coxinhas de frango + Batatas Fritas Peixe do dia + legumes cozidos
 Sexta Douradinhos + arroz Peixe + legumes cozidos
Sábado Redon Casa de Amigos