Alguns truques úteis na cozinha – Parte I

Durante as minhas pesquisas na Net encontrei neste site umas dicas que nos podem ser bastante úteis no dia-a-dia!

Ora então vejamos :

Pelar tomate em 5 segundos – Mergulhe o tomate em água a ferver durante 5 segundos, verá que consegue facilmente descascá-los.

Tomate – Se se notar muito o sabor a tomate numa refeição, ponha um pouco de açúcar e o sabor excessivo do tomate desaparecerá.

Arroz branco mais solto – Para que o arroz branco fique realmente branco e solto, quando a água da cozedura estiver a ferver, verta o arroz, mexa bem, e regue com uma gotas de sumo de limão. Deixe cozinhar durante 10 a 12 minutos. Apague o lume e deixe repousar um pouco.

Arroz Solto – Para conseguir aquele “toque especial” no arroz e fazer com que ele não pareça papa, acrescente à água da cozedura, algumas gotas de sumo de limão quando colocar o arroz. Para todos os tipos e qualidades. Vai ver que vale a pena!

Arroz soltinho – Lave bem o arroz e deixe-o escorrer bem antes de levá-lo ao lume. Quanto mais sequinho estiver, melhor. Deite também algumas gotas de sumo de limão na água da cozedura. Assim o arroz ficará bem branquinho.

Como saber se o arroz está pronto – Tire a panela do lume, molhe o dedo e encoste no lado de fora da panela, como se faz com o ferro de passar roupa. Se estalar, significa que a água secou e que o arroz está pronto. Se não estalar, deixe mais um pouco em fogo brando.

Carne cozinhada – Para verificar se a carne está cozinhada como pretende, basta carregar com uma colher. Se a carne não der de si, está cozinhada. Se tiver ainda muita elasticidade, o interior ainda não está cozinhado.

Alourar – Quando quiser alourar um empadão, massa folhada, ou qualquer outra coisa no forno, em vez de pincelar com ovo batido, pincele com leite. Não só é mais económico como faz o mesmo efeito que o ovo e sem queimar.

Puré de Batata – Se juntar 1 ou 2 claras de ovo, batidas em castelo ao puré de batata, ele vai ficar mais leve e fofo.

Sopas com base de puré de batata – Estas sopas ficam melhor se se lhes juntar uma colher de sopa de leite ou de manteiga.

Frutas cristalizadas e secas e passas – Para que não caiam para o fundo da forma quando se faz Bolo Rei ou Bolo Inglês, deixe-as de um dia para o outro em infusão em Vinho do Porto ou Rum.

Limpar peixe – Ao limpar o peixe, retire as vísceras e lave a parte interna da barriga mergulhando-o rapidamente numa bacia com água e sal. No verão, aconselha-se lavar com água gelada.

Grelhar peixe sem que ele pegue à grelha – Se a grelha estiver bem quente o peixe não se pega. Para que o peixe que está a grelhar fique mais saboroso, borrife-o de vez em quando com um raminho de salsa molhado em azeite e vinagre batidos juntos.

Como saber se o peixe está cozido – Quando o peixe começar a boiar é sinal que está cozido.

Para tirar mais facilmente a pele ao bacalhau – Para que a pele do bacalhau se solte mais facilmente, junte à primeira água de demolhar o bacalhau, 1 colher de café de fermento em pó. A pele incha e sai com muita facilidade.

Quando o tempo é curto e o bacalhau está salgado – Se o bacalhau está muito salgado e o tempo é curto, cubra-o com leite a ferver e espere alguns minutos.

Truques para cozer bacalhau – A água deve apenas cobrir a posta e manter uma fervura muito ligeira, durante 10 minutos. Se a água ferver muito, as fibras de bacalhau podem ficar secas, rijas e escuras. Depois, deve retirar o bacalhau do lume e deixá-lo repousar cerca de 20 minutos. Por fim, o bacalhau deve ser escorrido.
Se desejar pode cozer o bacalhau levando ao lume água fria misturada com leite. A cozedura em leite torna as fibras da carne mais macias.

Para bater claras em castelo mais depressa – Antes de bater as claras junte-lhes uma pitada de sal.

Molhos com “caroços” – Se estiver a fazer um molho com farinha e este ficar com grumes, deixe-o arrefecer (não precisa totalmente), mexa com uma colher e depois bata com a varinha mágica. Vai ver que ninguém vai notar, e assim não terá de o deitar fora!

Creme talhado – Se um creme talhar, arrefeça-o e bata no liquidificador, para voltar a ligar.

Como grelhar no forno sem fumo e sujidade – Quando grelhar ponha um tabuleiro com água no fundo do forno, e verá que vai notar diferença

Lulas e polvos macios I – As lulas e o polvo são os únicos frutos do mar que têm dois ponto de cocção, os quais vão depender do seu tamanho. Em geral, em óleo a 170º a 200º a lula deverá ficar macia e crocante nuns 7 minutos. Quando do cozimento em água, se, depois de macios, por algum motivo, eles (polvo e lula) ficarem duros, deixe a cozinhado por mais 45 minutos que eles voltarão a ficar macios.

Lulas e polvos macios II – Para que as lulas e os polvos fiquem macios depois de cozidos, deve deitar-se-lhes o sal apenas uns minutos antes de irem para a mesa, mas o melhor é congelar o polvo antes de o cozinhar, assim terá a certeza de que estará macio.

Polvo tenro e macio III – Limpe bem o polvo, bata-o com força na banca. Se o cozer apenas com um copo de vinho branco, lentamente, fica super tenro e macio.

Para o polvo ficar tenro IV – Experimente cozê-lo junto com uma rolha de cortiça.

Para o polvo não largar a pele durante a cozedura – Deve mergulhá-lo três vezes seguidas na água a ferver antes de o meter lá dentro.

Saiba quando o polvo está cozido – Para verificar se o polvo está cozido, junte uma cebola crua, quando a cebola estiver cozida o polvo está pronto a comer.

Lulas Recheadas – Para fazer lulas recheadas, não é necessário colocar palitos, basta que ao lavar as lulas as virem ao contrário (logo que entram no calor fecham).

Demolhação rápida de feijão – No caso de não ter deixado o feijão de molho na véspera poderá optar por uma demolhação rápida: ponha o feijão numa caçarola com água não temperada e cozinhe durante 5 minutos. Retire depois do lume e deixe repousar durante uma hora. Por fim escorra e passe por água fria.

Cozer feijões secos depressa (tenros e untuosos) – Molhe-os antes de cozer, deitando fora essa água. Depois deite sobre os feijões duas ou três colheres de sopa de azeite, deixando ficar uns 10 minutos. A seguir deite a água quente necessária para que eles cozam.

Guardar gemas – Para guardar sobras de gemas conserve-as numa chávena ou tigela, totalmente cobertas com água filtrada e no frigorífico.

Separar as gemas das claras – É mais fácil separar as gemas das claras quando os ovos estão gelados.

Ovos estrelados – Antes fritar ovos, acrescente um pouco de farinha ao óleo para evitar que ele espirre.

Para que a casca do ovo cozido saia com facilidade – Coloque-o debaixo de água fria logo a seguir de o tirar da água quente.

Ovos cozidos na perfeição – Se quiser que os ovos cozidos tenham a gema bem no meio da clara, retire-os do frigorifico uma hora antes de os cozer. Depois coloque-os num recipiente com água fria e deixe ferver durante 10 minutos. Retire os ovos da água e coloque-os em água fria durante 5 minutos, para que refresquem antes de serem descascados.

Ovos cozidos na perfeição II – Para que os ovos cozidos não se tornem secos ou com uma consistência de borracha, devem ser sempre cozidos em temperatura média ou baixa.

Para que o ovo não rebente durante a cozedura – Deite na água de cozer o ovo, duas gotas de vinagre.

Truque para panar – Quando fizer panados, para que o ovo lhe renda mais, junte um pouco de água e bata então os ovos, vai ver que lhe rende bastante.

Temperar bifes de peru – Quando temperar os bifes de peru utilize leite (e não vinho), além dos temperos habituais. Verá que eles ficam mais macios e gostosos.

Comida salgada – Quando a comida tiver sal a mais experimente adicionar um pouco de açúcar. Verá que o sabor a sal diminui.

Evite o sal a mais na comida – Coloque batatas junto da sopa ou do refogado que têm sal a mais (quanto mais sal, mais batatas são necessárias). Quando as batatas estiverem cozidas tire-as e sirva como acompanhamento.

Comida Salgada II – Se salgou demasiado a comida, não se preocupe… Junte-lhe um pedaço de batata crua que o “salgado” depressa desaparece!

Barrar bolos com chantilly – Quando for rechear ou barrar um bolo que leve natas, para que estas lhe rendam e façam um bom chantilly, bata as natas com um pouco de açúcar, à parte bata 2 claras em castelo, e depois envolva com o chantilly. Verá que lhe rende muito mais e fica super cremoso. Experimente.

Como bater natas rapidamente – Quando bater as natas para fazer chantilly, junte umas gotas de limão, para que elas fiquem mais firmes.

Amêijoas à Bulhão Pato – Nas amêijoas à Bulhão Pato deverá pôr uma gota de vinho branco no molho, enquanto as amêijoas estão no processo de abertura.

Pelar amêndoas – Coloque as amêndoas durante cerca de dois minutos em água a ferver, passando-as em seguida por água fria.

Cortar cebola sem lágrimas I – Deixe a cebola descascada de molho em água, algumas horas antes de a cortar.

Cortar cebola sem lágrimas II – Corte um limão com a faca com que vai cortas a cebola, o seu sumo ao escorrer pela lâmina é o suficiente para evitar as lágrimas.

Cortar cebola sem lágrimas III – Molhe as mãos, as cebolas e a faca antes de cortar ou picar a cebola. Adeus lágrimas!

Descascar alhos I – Para descascar melhor os dentes de alho, mergulhe-os num recipiente com água durante 20 minutos. Depois escorra a água e descasque os dentes, que estarão com as cascas totalmente soltas.

Descascar alhos II – Para descascar alhos rapidamente, coloque-os no microondas em potência alta durante 15 a 30 segundos. A casca solta-se completamente!

Descascar alhos III – Encoste o lado de uma faca ao dente de alho e dê uma pancadinha. Esta pancadinha vai fazer com que a casca descole e possa tirá-la com a mão.

Fritar bacon – Antes de fritar, fure as fatias de bacon com um garfo. Assim elas não encolhem muito.

Cozer galinha – Um garfo de prata dentro da panela ajuda a galinha a cozer mais depressa.

Fritar frango – Para evitar que o frango frito se pegue à frigideira junte uma colher de farinha maisena ao óleo de fritura.

Frango tenro – Para que o frango continue tenro, mesmo quando servido frio, envolva-o em papel de alumínio, depois de o cozinhar.

Banho-Maria – Cozedura indirecta, num recipiente dentro de outro, com água a ferver. Para que a temperatura fique mais elevada, deite na água um pouco de bicarbonato de sódio.

Assar aves sem secar demais – Para evitar que as aves assadas fiquem secas demais, pincele toda a superfície com manteiga ou margarina.

Cozer e assar aves – Se cozer aves, não lhes deve furar a pele; mas nos assados pode fazê-lo, se pretender que o frango fique menos gorduroso.

Carne Picada – A carne picada deverá ser guardada no frigorífico até ao momento de a usar, num prazo de tempo que não poderá exceder as 24 horas.

Soufflé que não “murcha” – Para que o soufflé não murche ao sair do forno, certifique-se que o forno está bem quente antes de colocar o preparado no forno. NÃO ABRA O FORNO ANTES DE ESTAR PRONTO, daí que seja essencial saber o tempo exacto de preparação do soufflé.

Cozer caracóis – Para que os caracóis não recolham durante a cozedura, junte o sal apenas depois de estes estarem mortos. Assim, os caracóis ficaram todos com os “corninhos” de fora.

Pão-de-Ló – Para o pão-de-ló não murchar, bata primeiro as claras com o açúcar, depois as gemas e por último, delicadamente (nunca na batedeira) a farinha de trigo.

Advertisements

Tagged: , , , , , , , , , ,

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: